Tagged: pedalada Toggle Comment Threads | Atalhos de Teclado

  • Vinicius Massuchetto 15:34 on 22 October, 2012 Permalink |
    Tags: , pedalada   

    Quer Andar de Bicicleta em Curitiba? Conheça Alguns Grupos de Pedalada! 

    Segunda-feira

    • Bike Speed Curitiba – Concentração: 20h00, Saída: 20h30 da Praça o Japão. Comando: Burg Jr. e amigos. Sem apoio. Percurso a ser definido na hora ou divulgado com antecedência pelo Burg. Cerca de 30 km em asfalto pela cidade.

    Terça-feira

    • Pedala Curitiba – Saída 20h15, da Praça Garibaldi. Organização Prefeitura Municipal de Curitiba (SMEL), com apoio da Setran e Guarda Municipal. Batedores, carro de apoio. Percurso de 15 a 17km, com grau de dificuldade baixa a média.
    • Pedal da Escadaria – Saída 20h30 das escadarias da Universidade Federal, na Praça Santos Andrade. Grupo pequeno, pedal para experientes, rítimo forte. Percurso longo de 30 a 50km, com grande grau de dificuldade (Hoje comandado pelo “Cap. Nascimento” com apoiodos amigos)
    • Pedal das Barbies (e dos Kens também) – Saída 20h30 de frente ao Módulo Policial do Passeio Público, na rua Carlos Cavalcanti. Percursos variados, estilo Pedal Noturno (confirmação dos passeios com a comandante Sofia neste grupo). Apoio dos amigos.

    Quarta-feira

    • Peal Noturno Curitiba – Concentração à partir das 20h00. Saída: 20h30. Retorno: 22h00/22h30 Local: Prefeitura Municipal de Curitiba, no Centro Cívico. Percurso: Bairros diferentes da cidade a cada passeio, por ruas pavimentadas. Extensão: De 20 a 30km, dependendo da altimetria. Comando de Sergio Riekes e amigos.
    • Bike Tour – Saída 20h00 da Praça Espanha. Percursos variando entre 20 e 25 km, e anunciados no Grupo do Facebook Pedal Curitiba Livre (Aberto a todos com indicação de diversos pedais, inclusive diurnos).

    Quinta-feira

     

    • Original Bike Night – Criação do amigo Roberto Coelho (que hoje mora em São Paulo). Tradição que se mantém. Saída 20h30 da Praça Garibaldi. Passeio igual ao Pedal Noturno das quartas-feiras. Conduzido por Sergio Riekes, Elidio Werka e amigos.

    Sábado

    • Bicicletada Curitiba – Último sábado de cada mês. Saída às 10h da manhã da Reitoria da UFPR. Não se trata de um passeio ciclístico, mas sim de uma celebração da mobilidade em Curitiba, e de uma cobrança por uma melhor infra-estrutura cicloviária.

    Fonte: Pedal Noturno Curitiba, via Bicicletaria Cultural.

     
    • Adri 11:58 on 7 Dezembro, 2012 Permalink | Inicie a sessão para responder

      Bom dia, estava vendo o site e achei bem interessante, estou sem carro a 2 semanas e venho sentindo vontade de deixar o carro e o ônibus de lado mesmo e começar a fazer o trajeto de bicicleta, o problema é que meu marido assim como todos da família são contra, devido ao trecho que teria que ir pela br 116 em alguns momentos, minha casa fica no atuba-pinhais e trabalho prox. ao terminal cabral (cerca de 10km), a principal argumentação deles é a falta de ciclovias, você conhece algum caminho que tenha ciclovia e ligue esses dois pontos

  • Luis Patricio 12:00 on 8 October, 2008 Permalink |
    Tags: boas idéias, inspiração, pedalada   

    Fábrica de idéias 

    Faça chuva ou faça sol, pedalamos igual !

    Faça chuva ou faça sol, pedalamos igual !

    Esse texto é para aqueles que já tiveram grandes idéias e até mesmo algumas “revelações” durante as pedaladas. Ou seja, o texto é para qualquer um que ande regularmente de bicicleta. Um bom exemplo disso é o do nosso amigo Peters num artigo escrito recentemente.

    Solução de problemas, insights para vida pessoal, idéias para criação de textos, compreensão mais abrangente da realidade… Muito disso acontece ao pedalar. Tem até uma frase dita por um alemão que eu acho que poderia perfeitamente receber um pequeno adendo de duas rodas.

    Todas as grande idéias são concebidas andando

    Friedrich Nietzsche

    É impressionante como a bicicleta funciona como um gerador de bons pensamentos. Talvez seja por causa da inescapável conexão que a gente cria com nosso entorno ao pedalar. Isso me faz lembrar de mais uma bela frase:

    Melancolia é incompatível com pedalada

    James E. Starrs

    Eu mesmo estava pedalando (na chuva) no sábado quando pensei em algo interessante para escrever. Daí comecei a pensar como isso ocorre com frequência (bons pensamentos) quando a gente está andando de bicicleta. Fiquei pensando tanto nisso que agora estou escrevendo esse texto e esqueci qual era a minha idéia inicial. Mas tudo bem, ainda vou continuar pedalando por um bom tempo. . .

     
    • Peters 13:08 on 8 Outubro, 2008 Permalink | Inicie a sessão para responder

      Boa conexão: bicicleta e boas idéias!
      Pode ser que tenha a ver com a produção de endorfinas durante a pedalada …

    • divo 13:18 on 9 Outubro, 2008 Permalink | Inicie a sessão para responder

      Talvez seja essa a explicação para a falta de criatividade da prefeitura e IPPUC no desenvolvimento de soluções inteligentes e práticas para questão da mobilidade, pois ninguém lá usa a bicicleta como meio de transporte diário.

      Em cotrapartida, permanecer sentado em um carro, envolto numa carapaça de aço, quiça seja o impedimento para que as idéias que bailam por aí na “ideiasfera”, tenham a conexão direta e necessária com as cabeças receptoras.

    • Irineu Queiroz dos Santos 15:48 on 16 Maio, 2009 Permalink | Inicie a sessão para responder

      Gostaria de sugerir ao Grupo Bicicletada que reinvindique espaço exclusivo para ciclistas nas vias lateriais dos biarticulados, tais como: Av Paraná, João Gualberto, Republica Argentina, Afonso Camargo, Sete de Setembro e demais vias similares, se não acharem viável cederem 100% das pistas, pelo menos 40%.

      Tal sugestão por perceber que em momentos de tráfego intenso nessas vias 2 veículos trafegam lado a lado e quando o tráfego é calmo os veículos trafegam sem permitir que outro trafegue ao seu lado.

      Portanto se a URBS criar uma faixa exclusiva para ciclistas teríamos a tão esperada multiplicação de ciclofaixas exclusivas que permitiria aos trabalhadores cruzarem Curitiba de leste a oeste e de norte a sul e não só para fins de lazer como hoje ocorre com as atuais ciclovias compartilhadas com pedestres.

      • Luis Patricio 12:23 on 17 Maio, 2009 Permalink | Inicie a sessão para responder

        Olá Irineu,

        Essa e muitas outras sugestões já foram apresentadas. Inclusive foi feito um projeto sério por arquitetos e urbanistas com as especificações técnicas para adaptar essas vias para ciclistas.

        Na seção de documentos/arquivos aqui do blog tem alguns dos documentos entregues aos órgãos municipais. Dê uma olhada.

        Infelizmente, praticamente nenhuma das melhorias apontadas foram implantadas ou passaram a fazer parte do planejamento do PlanMob Curitiba.

c
Compose new post
j
Next post/Next comment
k
Previous post/Previous comment
r
Responder
e
Editar
o
Show/Hide comments
t
Go to top
l
Go to login
h
Show/Hide help
shift + esc
Cancelar
%d bloggers like this: