Oilman Está com Problemas

Curitiba corre o risco de perder um de seus personagens mais conhecidos, o Oilman. O homem que costumava andar de bicicleta pelas ruas do centro da capital, vestindo apenas uma sunga e com o corpo besuntado em óleo, está com medo de sair de casa.

No último dia 21 de janeiro ele se envolveu numa confusão na Rua XV de Novembro; de lá pra cá, seu medo aumentou. “O sujeito me chamou de homossexual e criticou a forma como eu estava vestido. Estou sendo atacado por uma onda de moralismo. Sinto-me injustiçado, afinal sou um atleta, um personagem de Curitiba”, disse Rebello.

Dias depois, ele afirma que foi agredido novamente. “Uma gangue de rapazes me xingou e me ameaçou com uma faca. Tive que voltar a treinar artes marciais para me defender, mas como não quero brigar, fico em casa e só saio disfarçado”, contou.

Rebello disse que nas duas vezes que foi atacado, avisou policiais que passavam na rua, entretanto, segundo ele, nada foi feito. Ele chegou a comentar que cogitou a possibilidade de ir embora da capital.

Fonte: BandaB – Paraná Online

Anúncios