G1: Projeto de iniciativa popular quer implantar Lei da Bicicleta em Curitiba

(..)

Enquanto isso, a implementação de uma ciclofaixa na Avenida Marechal Floriano, que para a o IPPUC ainda em fase de execução, já gera conflitos com ciclistas da capital. Segundo André Feiges, integrante do grupo Bicicleta Curitiba, a faixa apresenta vários problemas. Em grupo, ciclistas fizeram a medição do trecho que já está pronto e identificaram que a largura da ciclofaixa variava de 75 cm a 1,20 m em diferentes pontos.

“Fizemos uma pesquisa e encontramos uma referência no Manual de Planejamento Cicloviário, publicado pelo Ministério de Transporte em 2001, de que a largura mínima que a ciclofaixa deve ter é de 100 cm. A partir disso, pedimos mudanças à prefeitura, mediante reunião e protocolização de pedidos. Fomos convocados para reuniões, mas disseram que haveria dificuldade em fazer alteração”, contou Feiges.

Segundo o ciclista, diante do impasse, os usuários das vias exclusivas para bicicletas pediram então que fosse delimitada uma área maior de afastamento dos veículos que circulam ao lado da ciclofaixa, para garantir mais segurança. Porém, segundo Feiges, nenhuma mudança foi feita.

“A faixa foi implementada do lado esquerdo, no lado de maior velocidade dos carros, além de ser a pista onde circula o ônibus ligeirinho. A velocidade na via ao lado causa desconforto e insegurança aos ciclistas. A rajada de vento que os veículos provocam podem nos derrubar”, explica.

De um lado, os movimentos e grupos organizados de ciclistas reivindicam atenção às necessidades de circulação segura, e de outro, a prefeitura busca divulgar o que se tem feito ‘a favor das bicicletas’.

(..)

Fonte: G1 Paraná

Anúncios