Pérolas

Carro particular
O planejamento da cidade sempre ignorou o automóvel particular, diz o professor Pedro Akishino, especialista em Engenharia de Tráfego da Universidade Federal do Paraná. “O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPUC) e as autoridades de Curitiba sempre privilegiaram o transporte coletivo, apesar de vários alertas da Universidade sobre o crescimento da frota de veículos particulares. Os carros multiplicaram-se em número enorme e continuam enchendo as vias, de um lado a outro da cidade e hoje a reclamação é generalizada.”

Fonte: Copa 2014.

O que será que as pessoas pensam sobre essa idéia do professor?

Anúncios