Cândido de Abreu sem ciclovia – Vamos para a rua!

Falha

Projetos de revitalização urbana em Curitiba ignoram ciclovias

No ano passado, Prefeitura só usou R$ 26 mil dos R$ 2 milhões previstos para a área
12/04/11 às 20:31 |  Redação Bem Paraná

Ciclistas sem vez na Capital: canaletas terão fiscalização (foto: Franklin de Freitas)

A Prefeitura de Curitiba tem previsto no orçamento de 2011, R$ 2,09 milhões para a implantação de novas ciclovias na cidade. Mas isso não é garantia de que os recursos realmente serão destinados para este fim. No ano passado o orçamento também previa R$ 2,2 milhões para implantar ciclovias, mas até dezembro o portal da transparência da Capital confirmava apenas R$ 26 mil utilizados para contruir novos espaços para as bicicletas.

Notícia completa no Bem Paraná.

Um grande absurdo, a simplicidade e a desfaçatez com que os políticos e os técnicos de planejamento urbano – sim, eles também são responsáveis diretos – fazem questão de excluir da plena cidadania as pessoas que desejam optar por, ou que necessitem se locomover usando veículos não motorizados.

Vamos aproveitar, vamos para a rua!!!

A rua é de todos!!!

Fica uma sugestão: quem usa canaleta, deixar a super bike em casa e usar uma bicicleta mais fuleira … Se fizerem apreensão, o preju será menor… Será que dá para arriscar uma ação judicial reivindicando a ilegalidade do recolhimento da bicicleta, ainda que estabelecida no Código de Trânsito Brasileiro?

Prefeito, quero deixar o carro em casa e andar de bicicleta! Me ajuda??

Só para lembrar, o artigo 58 do CTB estabelece que, quando não houver ciclovia, a bicicleta pode circular nos bordos da pista de rolamento no mesmo sentido regulamentado para a via.

Anúncios