Frota de bicicletas no Brasil

A frota de bicicletas no Brasil, estimada para o final de 2005, é de 60 milhões, segundo o relatório “O Mercado de Bicicletas no Brasil”, da ABRACICLO e ABRADIBI 5. No entanto, este é um dado estimativo. Habitualmente, era considerado que a frota nacional correspondia à produção/venda dos últimos 9 anos – tempo estimado da durabilidade de uma bicicleta.
Atualmente, dada a condição mais descartável de boa parte da produção, os órgãos patronais do setor passaram a considerar a durabilidade da bicicleta brasileira como de apenas 7 anos.

A frota de bicicletas no Brasil, estimada para o final de 2005, é de 60 milhões, segundo o relatório“O Mercado de Bicicletas no Brasil”, da ABRACICLO e ABRADIBI 5. No entanto, este é um dadoestimativo. Habitualmente, era considerado que a frota nacional correspondia à produção/vendados últimos 9 anos – tempo estimado da durabilidade de uma bicicleta. Atualmente, dada acondição mais descartável de boa parte da produção, os órgãos patronais do setor passaram aconsiderar a durabilidade da bicicleta brasileira como de apenas 7 anos.

Um dado contraditório, entretanto, é o fato das indústrias de coroas de bicicletas afirmarem que produzem anualmente cerca de 13,5 milhões dessas peças. Mesmo considerando que 1% permaneça em estoque nas fábricas e com os revendedores e, ainda, que 14% sejam comprados para substituições e como estoques para futuras comercializações pela rede de oficinas e peças de bicicletas, seriam 11,5 milhões de bicicletas montadas anualmente. Isto porque a cada coroa corresponde uma bicicleta, e necessitam-se dessas peças em ocasiões apenas: (1) quando é montada a bicicleta; ou (2) quando ocorre a necessidade de trocar a corrente e a coroa da bicicleta. Neste último caso, é comum substituir a coroa do veículo junto com as outras peças.

Por tais considerações e em comparação aos números informados pela indústria formal de bicicletas, ou seja, produção anual de 5,5 milhões, é possível dizer que praticamente outra quantidade igual a esta é montada por lojas de bicicletas e por oficinas de “fundo de quintal”.

Com estes novos números, pode ser dito, mesmo tendo as bicicletas durabilidade de 7 anos, que a frota brasileira se aproxima de 75 milhões de unidades.

Fonte: PROGRAMA BRASILEIRO DE MOBILIDADE POR BICICLETA – BICICLETA BRASIL. Caderno de referência para elaboração de Plano de Mobilidade por Bicicleta nas Cidades. Brasília: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, 2007. P. 26/27.

Anúncios