-Ato MPL-

No início de 2009, a prefeitura junto a URBS e empresários do transporte,
em mais uma ação autoritária, covarde e excludente, aumentaram a tarifa de
R$ 1,90 para R$ 2,20. Em momento algum a população foi consultada, visto
que a maioria dos trabalhadores não teve um reajuste de 17% em seus
salários, sendo assim não podendo arcar com esse custo altíssimo.

Motivados por essa medida arbitrária – prefeitura em conluio com
empresários – militantes do MPL, estudantes secundaristas e
universitários, trabalhadores e várias organizações populares construiram
a “Jornada de Lutas por um Transporte verdadeiramente Público”.
O objetivo era o congelamento da tarifa em R$ 1,90 e a reivindicação do
direito de ir e vir de todo cidadão implementando a municipalização do
transporte e Tarifa Zero.

No dia 13 de Fevereiro de 2009, em frente ao Colégio Estadual do Paraná
(CEP), onde a terceira manifestação da Jornada acontecia, fomos
brutalmente agredidos pela ação da PM. Essa atitude extremada teve como
resultado dispersão de todos ali. O que era pra ser uma manifestação
pacífica transformou-se em perseguição policial e pancadaria oficializada.
Nos quase 20 minutos de tumulto manifestantes tiveram lesões graves,
braços quebrados e ainda prisões injustificaveis.

O MPL e as demais organizações presentes na Jornada foram em busca de
defesa juridica – Ouvidoria da PM, Inquérito Policial na Polícia Civil,
GAECO (Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado), etc.
Tendo em vista um ano de silêncio das autoridades competentes sentimos a
necessidade de voltarmos as ruas para relembrar não apenas o fracasso do
congelamento da tarifa em R$ 1,90 e gratuidade do transporte coletivo, mas
também a criminalização dos movimentos sociais, abuso de autoridade da
Guarda Municipal e PM, a não abertura dos arquivos da ditadura militar no
Brasil e a favor do pedido de asilo político a Cesare Batisti.

Convidamos toda a sociedade civil organizada bem como movimentos sociais e
organizações populares para construir esse dia de luta pelos nossos
direitos.

——–

CRONOGRAMA MANIFESTAÇÃO DIA 26 DE FEVEREIRO 2010

.Concentração: 10hs em frente ao CEP (Colégio Estadual do Paraná);
.Início do ato: 11:30
.Atividades propostas:

  • Exposição de fotos sobre a luta pelo Passe Livre, manifestações,

repressão policial, etc;

  • Vídeo com filmes revolta da catraca, ocupação da URBS…;
  • Microfone aberto para intervenções;
  • Panfletagem informativa aos transeuntes.
Anúncios