Intervenções urbanas

E no último dessa série, talvez o  mais irreverente, próximo ao Teatro Guaira, [os participantes do coletivo PELOSPUBLICOS] fazem uma intervenção em uma faixa de pedestres, em um trecho onde algumas faixas não existiam. Com tinta vermelha pintam as três faixas que faltavam na rua e continuam a faixa de pedestres na calçada e no muro. Na visão dos pedestres, o final da faixa é vermelho e seu caminho continua pela calçada até o muro. Um trabalho tão irreverente que foi parado pela policia que riu da história e continuou seu caminho (Fig. 24).*

Fig. 24 – Intervenção Urbana em faixa de pedestres. PELOSPUBLICOS, 2004 – Foto: Acervo do Grupo.

Fig. 24 – Intervenção Urbana em faixa de pedestres. PELOSPUBLICOS, 2004 – Foto: Acervo do Grupo.

É, parece que naquele tempo a polícia tinha mais bom humor e compreensão.  Não tinha encomenda de alguma autoridade da hora no poder e, por seu próprio julgamento, não precisava levar nenhum escolhido à esmo à delegacia para lavrar infração forçadamente enquadrada como crime ambiental.
__________
*Antoceveiz, Juliano de Paula. ARTE MARGINAL – A ARTE FORA DOS EIXOS. Monografia apresentada à Escola de Música e Bela Artes do Paraná como requisito parcial à obtenção de título de Especialista em História da Arte do Século XX. Orientador Prof. Alberto Ireneu Puppi. Curitiba, 2005. p. 25 e 30 (foto).
Anúncios