Acidentes ocorrem perto de casa, diz pesquisa

Acidentes ocorrem perto de casa, diz pesquisa

Somente neste ano, 27 crianças já morreram no trânsito no PR. Para cada morte, 4 ou 5 ficam com alguma seqüela

A maior parte dos atropelamentos envolvendo crianças acontece próximo à residência, com meninos de 7 anos em média, no fim de tarde dos dias de semana. A descoberta foi feita pelo cirurgião pediátrico Marcelo Ribas, em sua tese de mestrado para a Universidade Federal do Paraná (UFPR). Outras pesquisas mostram que a principal causa de morte entre crianças de 1 a 14 anos é o acidente de trânsito, que representa 40% dos casos.

Vinte e sete crianças já morreram no trânsito este ano somente no Paraná. No ano passado, foram 57 mortes e 1.481 feridos. Os números são referentes a pessoas de 1 a 14 anos vítimas de atropelamento ou envolvidas em acidentes de trânsito. Pesquisas realizadas em Curitiba indicam que, para cada morte, quatro ou cinco crianças ficam com alguma seqüela.

Para ler mais,  a reportagem foi publicada na Folha de Londrina em 18/9/2008 (exige cadastramento).

É. Carros matam. “Acidentes” acontecem? Há quem diga que não.

Depois confira a tradução da charge sobre os sacrifícios de crianças que fazemos em nossa sociedade. Ao Deus carro:

Se os motoristas tiverem que dirigir mais devagar, isso irá prejudicar a venda de carros…

…e vai prejudicar a economia…

…e todos perderemos nossos empregos…

… e vamos todos morrer de fome !

Por que o poder público não usa seu poder institucional para reduzir a velocidade e os acidentes?

Algo precisa ser feito. Reduzam a velocidade. Usem a bicicleta. Bicicletada do Dia Mundial Sem Carro!