Rodízio de carros em Curitiba?

Está em pauta de discussão na Câmara de Vereadores de Curitiba um projeto que estabelece rodízio de carros no Centro da cidade. O assunto vem sendo tratado com freqüência pela mídia.

A Vereadora Roseli Isidoro, que sempre foi muito receptiva aos ciclistas, está encarregada de relatar o projeto, e pediu aos membros da Bicicletada manifestações sobre o tema.

Creio que, no espírito que norteia a Bicicletada, a discussão de pontos de vista dos ciclistas pode e deve ser pública e aberta, razão pela qual transcrevo aqui a mensagem recebida através da página da Bicicletada Curitiba e postada no respectivo Fórum (onde há tópicos abertos e outros apenas para pessoas registradas no mesmo).

Esperamos comentários.

Prezados membros da Bicicletada

Como Vereadora de Curitiba, integrante da Bancada do PT na Casa, fui designada pela Comissão de Urbanismo e Obras da Câmara Municipal de Curitiba, relatora do Projeto de Lei de autoria do Vereador Custódio da Silva (PR), que institui no Município de Curitiba o Programa Municipal de Restrição à Circulação de Veículos Automotores – rodízio de automóveis.

Embora no mérito contrária a proposta, acredito que Curitiba se aproxima da realidade vivenciada por várias cidades brasileiras no que diz respeito aos grandes congestionamentos, em muitos casos, traduzido em “caos no trânsito”. Para muitos, opinião pública, cidadãos, pesquisadores , usuários e especialmente condutos de veículos na nossa cidade, a medida divide opiniões. Neste particular, entendo que é oportuno nesse momento, trazermos para pauta essa discussão, não apenas com o olhar sobre adotar ou não essa medida. Mas sobretudo, travarmos discussão com relação às ações possíveis de serem viabilizadas, principalmente no que diz respeito a mobilidade urbana – modal bicicleta, educação no trânsito, necessidade de maiores investimentos no transporte público – coletivo, entre outros temas, que a Gestão atual da cidade, tem discutido, mas na minha opinião de forma muito mas muito incipiente e sem participação necessária da população, maior interessada nesses temas.

Nesse sentido, reside a nossa proposta já aprovada pela Comissão de Urbanismo, de realizarmos uma Audiência Pública sobre o tema, objetivando ouvir a opinião da população, dos motoristas, dos diversos segmentos que atuam nessa área de trânsito, especialistas da nossa cidade, assim como conhecer os resultados da experiência de 10 anos da Lei em São Paulo. Já temos confirmadas presenças de representantes da UFPR, do DETRAN-PR, da URBS/Diretran, USP-SP, Ministério das Cidades, entre outras autoridades no tema trânsito. Daí reside o nosso desejo e convite de poder contar com a participação da Bicicletada nesse evento, inclusive para compor a mesa de debate, que acontecerá no próximo dia 20 de maio (terça-feira) com início às 14h00 e término às 18h00, no Auditório da Câmara Municipal de Curitiba.

No aguardo do retorno, desde já, agradeço se pudermos contar com a importante contribuição da Bicicletada neste debate.

Solicitamos, também auxiliar na divulgação do evento, por entender que tema a interessa a todos e todas.

Saudações Parlamentares

Vereadora Roseli Isidoro

Anúncios